segunda-feira, 13 de maio de 2013

Plano de Aula – Quadrinhos do Chico Bento–Avanço nas hipótese e Erros Ortográficos – 3º Ano e Educação Inclusiva

 

cb1- Motivação: Texto ilustrado (quadrinho do Chico Bento)

DSC05787

· O professor faz uma breve história sobre o personagem(autor dos quadrinhos… 

· Solicita aos alunos que façam leitura/interpretação oral;

· Leitura oral coletiva;

· Vocabulário (palavras desconhecidas);

· Leitura pelo professor;

· Interpretação oral (professor faz perguntas e os alunos respondem de acordo com o texto lido).

2- Objetivos

- Refletir sobre o funcionamento do sistema alfabético de escrita.

- Acionar estratégias de leitura que permitam descobrir o que está escrito, onde e como.

- Estabelecer correspondência entre a pauta sonora e a escrita do texto.

- Usar o conhecimento sobre o valor sonoro das letras.

3- Conteúdo

Construção da escrita e leitura(avanço nas hipóteses da psicogenética da escrita). Correção de erros ortográficos.

Ano – 3º Ano

4- Cronograma

Três aulas de 30 minutos em dias alternados aos de atividades de escrita, durante todo o ano.

5- Material

Texto ilustrado – quadrinho, imagens do Chico Bento, da Mônica e do Cascão e um relógio analógico. rrrr

 

6- Desenvolvimento

1 - Distribuir uma cópia para cada aluno e leitura silenciosa pelos alunos. (leitura das imagens pelos pré-silábicos: interpretação). Leitura pelo professor com os alunos de forma que todos tenham conhecimento do pequeno texto.

2- Iniciar o texto juntos (assinalando onde começa) e proponha que todos leiam juntos, acompanhando o que está escrito com o dedo para que possam relacionar o falado ao escrito.

3 – Dividir a turma em grupos com todos os níveis da psicogênese, em cada grupo que trabalharão as atividades em conjunto.

7 - Variação

Uma variação da atividade é entregar o texto recortado por quadrinhos e pedir que sejam ordenadas: começo, meio e fim, e depois trabalhar os conteúdos específicos (palavras frases, produção de texto) quando a maioria da turma já está ortográfico..

8- Flexibilização para alunos com necessidades especiais:cb2 enquanto os alunos desenvolvem atividades de leitura os ANEEs vão colorir uma imagem do Chico Bento. E em seguida procurar no alfabeto móvel as letras e construir o nome CHICO BENTO – quando os outros alunos estiverem desenvolvendo atividades diferenciadas o professor vai trabalhar a fonologia das letras do nome, contar sílabas e trabalhar a escrita na folha da atividade (adequando esta atividade s o aluno for pré-silábico ou silábico…)

8 – Conteúdos Específicos – Construção da Escrita e Leitura e Correção de Erros Ortográficos

Metodologia

Após a exploração do texto pela interpretação, (tipo de texto, identificação dos personagens, linguagem usada, ideia principal, lembrar como se interpreta as horas no relógio analógico) o professor deve começar com palavras retiradas do texto, (tendo em vista a construção de palavras para pré-silábicos e silábicos), em fichas previamente preparadas usando a técnica da “preguiçinha”, confeccionada com imagens do Chico Bento.DSC05793

1- Ao puxar a palavra: letra inicial (som da letra);DSC05790

2- Puxa a próxima letra, ou próximas, para formar a sílaba (sílaba é o pedacinho da palavra: para falar (pronunciar) abrimos e fechamos a boca). Som de cada letra.DSC05789

3- Após todas as sílabas a palavra toda tem quantas letras? Quantas sílabas, quantas vezes precisamos abrir a boca e fechar para pronunciar?

4- Aproveitar as palavras escolhidas e trabalhar a letra H.

Usar duas novas folhas com as palavras que tem a letra H:

Onde está a letra H (início)

hh

HORA - HOMEM – HOJE - a letra H NÃO tem som

Agora vejam outras palavras do texto do Chico Bento que tem a letra H, onde ela está? (próxima a outras letras, consoantes, que adquiri um som).

CHICO - CAMPINHO – MINHA

5- Atividade escrita em grupos, com alunos pré-silábico, silábico e ortográfico. Cada grupo recebe uma palavra, das que foram trabalhadas com a preguicenta: palavras de estrutura mais simples para os pré-silábicos e silábicos.

· Em folhas específicas para pré-silábicos e silábicos: formam a palavra em quadradinhos para cada letra e depois transcrever na linha com letra caixa alta ou cursiva. Em seguida ilustração.

· Para os alfabéticos e ortográficos: entregar frases com as palavras separadas para serem ordenadas e transcritas na linha. Estimular que escrevam novas frases e pequenos textos, com ilustração.

2ª Aula – Trabalhar com os erros ortográficos.

Como o “dialeto caipira” não é considerado formas erradas de falar ou escrever pode, o quadrinho do Chico Bento pode ser usado para trabalhar a escrita convencional, lembrando que a gente se acostuma a escrever da maneira que falamos, mas que existe a maneira correta, como exemplo: tumate para tomate, bulacha para bolacha...

E através do texto do Chico Bento, individualmente, transcrever o mesmo texto como se não fosse o Chico Bento e a Rosinha, mas o Cascão e a Mônica.

cascao

Para essa atividade a professora pode colocar na lousa o hhhhhtexto original do Chico Bento e da Rosinha (atividade para os ortográficos), e depois os dois textos, o original e o reescrito com as falas do Cascão e da Mônica.ch

· Em um segundo momento a professora passa alertando sobre alguma palavra que não esteja correta.

· E os textos poder ser na correção final através do texto pronto na lousa.

· Estimular os alunos a produzirem seus próprios textos para um quadrinho.

Enquanto os ortográficos fazem esse trabalho os silábicos e pré-silábicos podem receber diversos gibis da turma da Mônica, para serem manuseados e incentivados a produzir uma historinha de quadrinhos através de imagens, com ou sem escrita.

Avaliação

Registrar as observações sobre a participação dos alunos: quais foram as descobertas na escrita das palavras. Anote também quais foram as suas intervenções mais importantes para a orientação da turma. Essas observações são fundamentais para o planejamento das atividades que virão a seguir.

Veja na próxima postagens: atividades de produção de texto(quando os alunos são estimulados à produzir os quadrinhos – diálogos), matemática – escrita dos números , e como interpretar as horas no relógio analógico.

Por: Júlia Virginia de Moura – Pedagoga

5 comentários:

  1. Gostei muito de sua sensibilidade em abordar as fases de desenvolvimento em que as crianças possam estar,a respeito da oralidade e escrita !!!bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo comentário. O nosso objetivo é multiplicar experiências de sucesso. Há outros conteúdos sobre avanços nas hipóteses das psicogênese.
      Abraços
      Júlia

      Excluir
  2. É Sensacional os planos de aula encontradas nos blogs destas educadoras que não se contenta em dedicar seu precioso tempo com os alunos, como também se preocupa com os novos professores que estão ingressando nessa árdua tarefa. Eu quero parabenizar a todas vocês que nos ajuda tanto e muito obrigada pelo carinho que nos dedica.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pelos elogios espero que você faça um bom trabalho sua sala de aula.
    Abraços
    Júlia

    ResponderExcluir

Não seja apenas um visitante que busca artigos interessantes, atividades que podem ser usadas em sua sala de aula. Deixe seu comentário.Uma sugestão. E o mais importante contribua com suas ideias, práticas e experiências de sucesso.Enriqueça este espaço, sem a sua participação, não haverá sucesso. E volte sempre.Obrigada